W – Two Worlds

W - Two Worlds

É possível viver no mesmo lugar, no mesmo período de tempo, mas em uma dimensão completamente diferente? Oh Yeon Joo (Han Hyo-Joo) é uma residente de cirurgia cardiotorácica do segundo ano. Seu pai, um famoso artista dos quadrinhos, desaparece subitamente um dia e, logo depois, a própria Yeon Joo é sequestrada por um homem estranho, coberto de sangue, e levada para outra dimensão. Kang Chul (Lee Jong Suk) é um medalhista de ouro olímpico em tiro esportivo e um empreendedor milionário. Como será que seu mundo se interligará com a outra dimensão de Yeon Joo? Será Kang Chul a única pessoa que poderá ajudar Yeon Joo a escapar do universo paralelo? “W” é uma série dramática sul-coreana dirigida por Jung Dae Yoon e lançada em 2016.
Sinopse por Viki

Outro drama para se sentir órfã quando acabar. Inicialmente eu achei a história meio boba, mas o drama é uma tufão de reviravoltas. Quando você acha que acabou em final feliz, acontece alguma coisa e muda todo o rumo da história. E aí você pensa que em algum momento vai virar bagunça, o roteiro vai se perder e vai estragar tudo e isso não acontece. Nada se explica, de como a Oh Yeon Joo foi parar no mundo do Kang Chul, mas isso não é um problema, acontece tanta coisa que você até esquece de pensar nisso.

O elenco desse drama é incrível, principalmente o ator Kim Eui-sung, que faz o pai da Oh Yeon Joo e criado do mundo do Kang Chul. Mas, o que eu mais gostei no elenco foi a química entre Han Hyo-Joo (Oh Yeon Joo) e o Lee Jong Suk (Kang Chul). Os dois juntos é muito fofo e faz você se apaixonar pelos personagens e pelo romance dos dois.

Agora, uma coisa que eu amei no drama foi os beijos. Normalmente dramas não tem muitos beijos durante a história, mas esse teve beijo pra caramba, de beijinho e a beijão. Amei! não tive que esperar até o final pra rolar uns beijinhos, rolou desde o início.

Para finalizar, a trilha sonora é uma gracinha e vou deixar aqui a música com trailer do drama para vocês ♥

Resumindo, o drama é maravilhoso e merece muito ser assistido ♥ Virou mais um dos meus preferidos hahahaha Para quem quiser assistir, tem no Viki.

2 Comentários

Livro Sra. Poe

Livro Sra. Poe

Um escritor e seus demônios, uma mulher e seus desejos, uma esposa e sua vingança.
1845: O Corvo, de Edgar Allan Poe, alcança os padrões de perfeição literária e está no auge da moda – sucesso com o qual uma poetisa esforçada como Frances Osgood só pode sonhar. Apesar de não ser grande fã dos escritos de Poe, ela vê com entusiasmo a chance de conhecê-lo e, em um sarau literário, fica atraída por sua magnética presença – e pela surpreendente revelação de que ele admira o seu trabalho. Flerte e sedução culminam em um romance proibido. Mas quando a frágil mulher de Edgar insiste em se tornar amiga de Frances, o relacionamento se torna tão ambíguo e tortuoso quanto um dos contos de Poe. Inspirado na vida e na escrita de Poe e Osgood, e baseado em autênticos detalhes históricos, Sra. Poe é uma história de tragédia e perda envolta em uma aura de paixão e vitalidade.
Sinopse do Skoob

Recebi esse livro da editora Bertrand Brasil no ano passado, mas só consegui lê-lo esse ano. Confesso que não estava muito animada em começá-lo, mesmo tendo essa capa linda. Não sou muito fã do Poe e também não gosto muito de histórias com amantes e tals, então não estava intrigada. Porém, o livro me surpreendeu. Com uma leitura gostosa, a narrativa me deixou curiosa boa parte do livro, ansiosa para que acontecesse alguma coisa. Digamos que até um pouco mais da metade do livro, a história fica só no climão, demorando muito para alguma coisa acontecer, e quando finalmente acontece, é bem bleh. Mas justamente essa parte do climão é que faz o livro ser bom. Uma pena o fim ser tão direto e rápido, até mesmo meio mal resolvido, como se tivesse sido acabado as pressas.

Eu fiquei o tempo todo me perguntando se era baseado em fatos reais ou não, mas parece que foram mesmo. Lógico que com uma dose de liberdade da autora, já que muitos fatos não são comprovados. Agora, uma coisa que parece que foi real, mas eu não consegui ser convencida disso, é que parece que o Poe atraía muito as mulheres da época. Em nenhum momento no livro eu senti que ele era bonito ou conquistador. Eu pelo menos não fiquei conquistada rs E também não senti muito o amor dele com a Sra. Osgood, então o romance dos dois não me cativou. Só gostei da tensão e do climão mesmo hahahaha

Resumindo, o livro é um bom passatempo. Não teria lido ele pela sinopse e nem pela capa, mas valeu a pena a leitura. Recomendo para quem quer um livro para ler em uma viagem.

2 Comentários

8 Marcadores de página para fazer em casa

Quem ama ler também ama um marcador de página, e se você gosta de ler mais de um livro por vez que nem eu, é bom ter bastante, certo? E que tal fazer o seu próprio marcador? Selecionei aqui alguns diy para fazer em casa seus marcadores de página super fofos ♥

Marcadores de página para fazer em casa 8 Marcadores de página para fazer em casa

Harry Potter . Menina . Pompom . Pokemon . Bigode . Gatinho . Coração . Raposa

6 Comentários