Coisas de velho

Eu tenho uma tag para fazer que a Chell me indicou, mas ela vai ficar pro próximo post (mals Chell) porque eu estou com uma vontade louca de escrever divagações sobre qualquer assunto aleatório. Sabe aquela expressão “vomitar palavras”? É mais ou menos isso. Sinto um anseio louco por escrever e nada mais. Acho que a culpa disso é do #GSB, ou não, sei lá, só sei que quero escrever.

Eu estava visitando o blog da Mia, onde ela fez um post sobre o Queen e tals. No post ela fala sobre Queen (né?), mas falava também sobre ser zoada por conta de algo que ela gostava e que era considerado coisa de velho. Isso fez eu pensar um pouco sobre a minha adolescência e a minha vida na faculdade porque eu nunca fui o tipo de pessoa que gosta de coisas que as pessoas da minha idade deveriam de gostar e prefiro muito mais coisas que normalmente pessoas mais velhas gostam.

Por exemplo, na minha adolescência todo mundo gostava daquele programa Descontrole, ou algo assim, que passava sabe-se lá em qual canal. Eu acho que nunca assisti o programa e não via muita graças nas piadas e brincadeiras que meus amigos faziam por conta do programa. Depois veio o CQC, e a mesma coisa, assisti pouca coisa e nunca fui muito fã. Na faculdade todo mundo ia para as festas encher a cara e se “divertir” ou ir em baladas. Eu não ia, nunca foi muito a minha praia. Eu não tenho nada contra essas coisas, só me divirto de forma diferente.

Livros ♥

Livros ♥

E é aí que entra o “coisa de velho”. Além de vídeo-game, minha diversão se resume a livros, filmes e séries. Prefiro muito mais ficar em casa, de pijama, esparramada no sofá e assistindo a algum filme ou série ou lendo um bom livro, do que me arrumar toda pra beber ou dançar por aí. Às vezes saio com os meus amigos, mas sempre é pra comer, jogar jogos de tabuleiro ou ir no cinema. Porque se for pra eu sair de casa, que seja pra comer ou ver filme rs E eu já fiz parte de um clube do livro (saudades ♥), o que fez eu ouvir vários comentários de “que coisa de velho”.

E se isso que eu chamo de diversão é coisa de velho, sério, sou uma velha em um corpo de 25 anos e quer saber, adoro ♥ Mas, de verdade, não acho que deveria de ser essa definição, de coisa de velho, porque sério, minhas tias avós não fazem parte de um club do livro e nem ficam em casa de pijama vendo filme ao invés de sair de casa. Em fim, só divagando sobre essas coisas de velho.

Ps: sou péssima para terminar posts filosóficos gente, foi mals, Deus não me deu essa Skill.

6 Comentários

6 Comentários em "Coisas de velho"

  1. Clay disse:

    Eu sou uma idosa então hauhauhuahuahuahuah
    Gente como eu gosto de ficar em casa, não me socializar… Ficar assistindo séries filmes.. Na internet >.<

  2. Mari Mari disse:

    Olha, tem coisas consideradas de velho msm, tipo Woody Allen (adoro) e tal, mas na real acho muito difícil que alguém tenha sido zoado por gostar de Queen.
    Mas excluindo o Queen, entendo o ponto do post, e posso dizer que sei como é. Afinal, como eu disse, adoro Woody Allen. kkkkk
    É, acho que não é vergonha pra ninguém fazer mais o tipo intelectual e ficar na sua. E cada vez mais esse tipo de personalidade vem ganhando visibilidade e tal, o que é ótimo.

  3. Camilla disse:

    NOssa, eu era viciada em cqc, num live o Tas me mandou até beijo HFDKJSHFKJDSHFKJSHFSKJ Já conheci o Rafinha e o Danilo também… hoje detesto todos UAHUHUAHUAA normal

    Videogame é vida simmmm

    MIgaaaa que aperto, tomara q vc consiga algo logo :(

    bjosss

  4. Thay disse:

    Ai, Cris, eu também nunca fui o ~estereótipo~ de adolescente, sabe? Não gostava das músicas da moda, não ligava muito para os programas do momento. Nada disso. E não é que eu quisesse ser diferente, só não era a minha vibe. CQC eu assisti alguns episódios bem no comecinho, mas como eu sempre gostei muito de dormir (<3), preferia ir pra minha cama do que ficar acordada assistindo. HAHA, bem coisa de velho, de acordo com o seu post. A verdade é que nunca pensei muito sobre isso, coisas de velho ou não, só faço as coisas que me dão prazer – e se esse prazer vem de ficar em casa, dormindo, que seja!

    Beijo!

  5. Chell disse:

    *GIVE ME FIVE*

    hahahaha sou assim também. Baladas e bebida pra mim não fazem muito sentido. Uma vez na vida eu ainda vou com o noivo, mas pra mim diversão mesmo é cineminha, sair pra comer algo bom, coisas assim…. não é questão de ser “coisa de velho” é de gosto. Cada um tem o seu e PONTO. =D

  6. Amanda disse:

    Te entendo, mas eu ainda tentava fazer parte do seleto grupo que via porcaria na TV e ia fazer pose nas festas.
    Não deu e, honestamente, não fez falta.